CORTINAS: Modelos – Parte II

          Na postagem de hoje, iremos dar continuidade sobre os Modelos de Cortinas. Na postagem “CORTINAS: Modelos – Parte I” vimos a importância do uso de cortinas em ambientes e pudemos conhecer também cinco modelos, sendo estes: tradicional, persiana, romana, rolô e painel. Hoje iremos conhecer mais quatro modelos.

 

Modelos de Cortinas

 

1 – Double Vision

         Este tipo de cortina permite privacidade sem perda da paisagem, dando efeitos por meio de tecidos paralelos que se alinham e desalinham permitindo ou não a visão exterior. Podem ser instaladas em quase todos os tipos de janelas, porém aconselha-se utilizar este modelo em grandes vãos, principalmente por conta de seu efeito, tendo em vista que se for utilizados para cobrir uma pequena janela, o efeito a ser criado pela cortina não será tão interessante.

 

2 – Celular

           Ótima alternativa para isolar barulhos externos, esta cortina é feita com um tecido-papel e seu fechamento é vertical. Também pode ser utilizada na maior parte das janelas.

 

3 – De Teto

          Para aberturas em tetos, como claraboias, as melhores opções de cortinas são a rolô e a romana.

 

4 – Acústica

            Este modelo, como o próprio nome já diz, é acústico, pois tem como principal função isolar barulhos externos. O tecido utilizado e bem grosso e pesado e a instalação precisa ser fixa para conter os ruídos, porém pode-se acrescentar velcro no tecido e na parede para que a cortina seja aberta.

 

          Então, foram descritos nestas postagens sobre cortinas, os modelos mais utilizados no mercado e no mundo da arquitetura e design de interiores! Até semana que vem!

Please reload

© 2019 Engª. Arqª. Isabelle Lima.

  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza