CORTINAS: Modelos - Parte I

         A postagem de hoje é sobre cortinas e como este é um assunto muito extenso, procurei delimitá-lo falando somente sobre os modelos de cortinas que podemos encontrar no mercado e dividi-lo em duas partes: nesta primeira vou falar um pouco sobre a importância das cortinas e apresentar 5 modelos.

 

        Então, qual é o objetivo da instalação de cortinas em um ambiente? As cortinas, além de proporcionarem beleza no ambiente em que são instaladas, têm por objetivo principal bloquear ou filtrar a luz exterior, controlando, desta forma, a luminosidade do ambiente. Outros objetivos que podem ser atribuídos a essas peças decorativas são: o controle de ruídos e o controle da privacidade.

            Atualmente, têm variados modelos de cortinas que podem ser utilizados de acordo com a proposta que deseja ser alcançada pelo Arquiteto ou Designer de Interiores para o espaço e também conforme o tipo de janela em que elas vão ser aplicadas, pois têm que se levar em conta que elas não devem atrapalhar a abertura delas.

 

Modelos de Cortinas

 

1 -  Tradicional

        É o modelo mais conhecido e mais utilizado de cortina podendo ser confeccionado em diversos tipos de tecido e ser utilizado em praticamente todos os tipos de janelas.

 

2 – Persiana/ Veneziana

 

 

        

         Este modelo é bastante comum também, porém não proporciona tanta beleza ao ambiente quanto uma cortina tradicional. Pode ser encontrado em dois tipos de abertura: horizontal ou vertical e também pode ser confeccionada em diversos materiais.

 

3 – Romana

 

          É um modelo que permite que a cortina seja fechada em camadas e é confeccionada em tecido com uma estrutura interna. Pode ser utilizada em praticamente todos os tipos de janela, inclusive como cortina de teto, no caso de claraboias.

 

4- Rolô

 

          Este modelo é um modelo mais simples e pode ser utilizado tanto sozinho ou em conjunto com outro tipo de cortina para compor o ambiente. Tem como mecanismo ir sendo enrolada em haste horizontal que fica acima da janela ao ser fechada e também pode ser utilizada em quase todos os tipos de janelas.

 

5 – Painel

 

          É um tipo de cortina composta por dois ou mais painéis e deve ser instalada em trilho com mais de uma passagem. Deve ser utilizado em sua confecção um tecido que apresente firmeza com o intuito de que os painéis fiquem “durinhos”. Este modelo é indicado para grandes vãos.

 

        Então, esses são os principais modelos de cortinas! Espero que tenham conseguido tirar suas dúvidas e na próxima postagem vou dar continuidade com mais modelos de cortina para vocês conferirem!

 

         O assunto sobre cortinas foi sugestão da Arquiteta Ivone Leite! Obrigada Ivone!

 

 

 

Please reload

© 2019 Engª. Arqª. Isabelle Lima.

  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza